Entenda a vontade frequente de urinar na gravidez

SAÚDE

Entenda a vontade frequente de urinar na gravidez

10 de outubro de 2017, por Equipe Danone Baby

Isso acontece porque a bexiga é comprimida pelo útero conforme ele aumenta de tamanho para suportar o crescimento do bebê


Durante a gravidez, a gestante pode se queixar de uma série de sintomas típicos. Um dos mais comuns é a vontade de urinar frequentemente, pois a bexiga é comprimida pelo útero conforme ele aumenta de tamanho para suportar o crescimento do bebê.

A vontade constante de urinar pode começar logo no início da gestação. Muitas vezes, é um dos sintomas que ajudam a mulher a identificar a gravidez. Inicialmente, é consequência do aumento do volume do útero. Nas duas últimas semanas, a frequência se intensifica por causa do encaixe da cabeça do bebê na bacia da mãe, o que é chamado de “queda do ventre”.

Como reduzir a vontade frequente de urinar

Durante a noite, a grávida pode levantar muitas vezes para urinar. Às vezes, ela só precisa liberar um líquido transparente que nem se parece com urina. Para reduzir as idas ao banheiro, o ideal é reduzir a ingestão de líquidos antes de ir dormir. No entanto, é importante se manter hidratada sempre.

Nos últimos meses de gestação, algumas mulheres encontram alívio ao balançar o corpo para frente e para trás enquanto estão no banheiro. Isso ajuda a diminuir a pressão do útero na bexiga, para que possa ser corretamente esvaziada. Assim, não há líquido residual para ser expelido logo em seguida.

urinar na gravidez

Quando procurar ajuda

Mulheres que sentem dor ou expelem sangue ao urinar precisam de tratamento médico. Assim que notar os sintomas, é importante entrar em contato com o médico ou ir até uma unidade de saúde de emergência. Beber bastante líquido pode ajudar a aliviar a dor, mas o ideal é procurar ajuda profissional imediatamente. Não tome nenhum medicamento por conta própria.

O médico poderá identificar a presença de uma infecção urinária, bastante comum entre mulheres. Durante a gravidez, no entanto, a condição pode trazer consequências mais graves. No geral, ela só afeta a bexiga e a uretra. Mas se afetar os rins, o bebê pode nascer prematuro e com baixo peso.

Os principais sintomas da infecção urinária são vontade frequente de urinar, dificuldades para urinar, sensação de queimação na uretra e urina que parece turva ou tem odor.

A vontade frequente de urinar também pode ser sintoma de outro problema de saúde: a diabetes gestacional. Ela pode ocorrer em qualquer estágio, mas é mais comum no segundo semestre. A doença aparece quando o corpo não produz insulina suficiente, um hormônio que ajuda a controlar a quantidade de açúcar no sangue.

A diabetes gestacional pode causar problemas para mãe e bebê durante a gravidez e após o nascimento. O feto pode nascer prematuro ou crescer mais do que o normal, o que traz complicações para o parto. A doença também aumenta o risco de desenvolver pré-eclâmpsia, uma condição que pode causar o aumento da pressão sanguínea e trazer consigo uma série de complicações. Procurar o médico imediatamente é fundamental. Quando tratada, a diabetes gestacional traz menos riscos de saúde.



Referências bibliográficas

Sociedade Brasileira de Pediatria (“Filhos: da gravidez aos 2 anos de idade”
Site oficial do Sistema Nacional de Saúde do Reino Unido (“Common health problems in pregnancy” e “Gestational Diabetes”)
Web Medical Team (“What if I get a UTI when I’m pregnant”)