DESENVOLVIMENTO

Sono do bebê: 4 dicas para madrugadas mais tranquilas

03 de julho de 2018 , por Equipe Danone Baby

Nos primeiros meses do bebê, uma das principais queixas dos pais são as noites em claro. Veja sugestões que podem ajudar a criança a dormir mais horas seguidas


Os bebês dormem, em média, 15 a 16 horas por dia, incluindo o sono profundo da noite e as sonecas de dia, até por volta do terceiro mês de vida. Porém, eles não têm ciclos regulares de sono até completarem seis meses, segundo a Academia Americana de Pediatria. Há bebês que dormem a noite toda desde o nascimento, mas, em geral, eles costumam acordar várias vezes pela madrugada. Isso vai depender das necessidades e do ritmo de sono de cada um.

De toda forma, a tendência é que com o passar do tempo, a criança passe a dormir mais horas seguidas e só acorde no dia seguinte – ainda que isso possa ser bem cedo. Enquanto esse momento não chega, damos aqui quatro sugestões que podem ajudar o bebê a estender o seu sono noturno.  

1. Estabeleça uma rotina de sono

Fazer sempre as mesmas atividades à noite é uma forma de sinalizar ao bebê que está chegando a hora de dormir. Ao saber o que vai acontecer, ele se sente mais tranquilo e seguro – e fica mais relaxado para adormecer. O Serviço Nacional de Saúde do Reino Unido elaborou uma rotina que ajuda a preparar o bebê para o sono. Esses hábitos, conhecidos como integrantes da higiene do sono, devem ser feitos diariamente, sempre no mesmo horário, e incluem:

  • Dar um banho morno no filho à noite para acalmá-lo;
  • Trocar as suas roupinhas por um pijama confortável e quentinho;
  • Higienizar a sua boca ou escovar os seus dentes de leite (se eles tiverem algum);
  • Colocá-lo no berço de forma cuidadosa e delicada quando ele ainda estiver acordado, para que se habitue a adormecer sozinho – e não no colo dos pais;
  • Ler uma história para ele;
  • Diminuir as luzes do quarto para criar uma atmosfera calma e que favoreça o sono;
  • Dar um beijinho de boa noite e fazer um carinho suave no seu corpo;
  • Entoar cantigas de ninar ou colocar uma música propícia para ele dormir

2. Brinque bastante com ele durante o dia para gastar toda a sua energia

A Associação Americana de Pediatria recomenda: estender as horas durante o dia em que o bebê fica desperto o ajudará a dormir durante períodos mais longos à noite. Para tanto, vale investir em atividades como brincadeiras, músicas e momentos de leitura.

3. Se ele chorar de madrugada, aguarde um pouco antes de ir atendê-lo

Se o bebê acorda no meio da noite chorando, a instituição americana orienta os pais a esperar alguns segundos antes de ir lá conferir o que o fez despertar. Isso porque ele pode voltar a dormir sozinho, em alguns casos, e é importante que ele desenvolva essa habilidade desde cedo. Se ele não parar de chorar ou apresentar mais sinais de inquietação, é preciso atendê-lo. Nesse caso procure não acender  a luz, brincar ou levantar ele.

Normalmente, bebês acordam porque estão com fome, com a fralda molhada ou suja, em estado febril ou não se sentem bem por algum outro motivo.

4. Se ele quiser mamar ou for preciso trocar as fraldas, aja com calma

Se você tiver de amamentar o seu filho de madrugada, procure não fazer muito barulho, nem conversar com o seu bebê. Deixe a luz baixa ou mesmo apagada e assim que ele terminar de mamar coloque-o novamente no berço. Se for preciso trocar as fraldas, evite movimentá-lo de forma brusca, para não despertá-lo completamente. 



Referências bibliográficas

Associação Portuguesa do Sono e Sociedade Portuguesa de Pediatria – “Higiene do sono da criança e adolescente”.
http://criancaefamilia.spp.pt/media/124389/HIGIENE%20SONO%20CRIANcA%20ADOLESCENTE.pdf

Serviço Nacional de Saúde do Reino Unido – “Helping your baby to sleep”.
https://www.nhs.uk/conditions/pregnancy-and-baby/getting-baby-to-sleep/

Academia Americana de Pediatria – “Getting your baby to sleep”.
https://www.healthychildren.org/Spanish/ages-stages/baby/sleep/Paginas/getting-your-baby-to-sleep.aspx