Queda de cabelo após a gravidez: por que ocorre e como combater

COMPORTAMENTO

Queda de cabelo após a gravidez: por que ocorre e como combater

25 de fevereiro de 2018, por Equipe Danone Baby

A queda de cabelo após a gravidez é comum, tem relação com a ação hormonal e dura poucos meses


Ao longo da gestação, a maioria das mulheres repara que suas madeixas estão mais fortes, saudáveis e espessas. Depois do nascimento do bebê, os fios começam a cair. Infelizmente, a queda de cabelo após a gravidez é uma situação comum, mas que se resolve em poucos meses.

Queda de cabelo

Segundo a Associação Americana de Pediatria, entre 40% e 50% das mulheres vivenciam a queda de cabelo após a gravidez. A condição não é séria o suficiente para causar pontos de calvície e se tornar permanente. No entanto, se os fios não pararem de cair após seis meses em seguida do parto, é preciso procurar um médico.

O que causa a queda de cabelo após a gravidez?

Durante a gravidez, a alta dos hormônios estrógeno e progesterona dá uma injeção de vida nos cabelos, que crescem fortes e saudáveis. Além disso, os fios que deveriam cair – o que faz parte do ciclo normal de crescimento e queda – continuam intactos no couro cabeludo.

Após o parto, os níveis dos hormônios despencam e a mulher acaba perdendo os fios que não caíram nos meses anteriores. A queda acentuada assusta, mas nada mais é do que o organismo voltando ao seu funcionamento normal. Em geral, a situação se inicia 60 dias após o parto e pode se estender até o sexto mês. Em seguida, o ciclo capilar deve voltar ao normal.

Queda de cabelo e outros problemas reprodutivos

A queda de cabelo acentuada também pode ser causada por outras questões hormonais. Abortos, por exemplo, geralmente provocam esse efeito, assim como interromper o uso de pílulas anticoncepcionais. Desequilíbrios hormonais não relacionados a esses fatores também podem fazer os fios caírem muito. Portanto, se você notar que a queda é exacerbada e não reduz seis meses após o parto, é preciso procurar o dermatologista, endocrinologista ou o ginecologista que fez o acompanhamento ao longo da gravidez.

Como manter os cabelos saudáveis e fortes

Há uma série de medidas que podem ser tomadas para manter os cabelos fortes ao longo da gestação e reduzir sua queda após o parto:

  • Consultar o seu médico para garantir um equilíbrio adequado dos hormônios por meio da alimentação ou outras medidas;
  • Evitar usar muitas tranças e rolos de cabelo apertados que possam puxar e “estressar” seu cabelo;
  • Manter uma dieta rica em frutas e vegetais, responsáveis por proteger os folículos capilares e estimular o crescimento do cabelo;
  • Usar shampoos e condicionadores recomendados pelo médico para combater a queda;
  • Evitar pentear o cabelo molhado com pentes e escovas de dentes finos;
  • Preferir usar o secador com vapor frio, e não quente;
  • Consumir vitamina B, vitamina C, vitamina E e zinco – nutrientes ajudam a fortalecer o cabelo.


Referências bibliográficas

Ministério da Saúde – “Mitos e Verdades – Gravidez e Pós-parto”
American Pregnancy Association – “Pregnancy and Hair Loss”